Renato Ritton

Conta Digital, entenda porque o gerente não fala nada!

Facebook ADS

Opa, legal que você se interessou em saber mais sobre conta digital e eu te explico tudo aqui. Se você não assistiu ao vídeo onde falo sobre esse tema seria muito útil e iria poupar tempo se você o assistisse antes de ler o artigo. Basta clicar na imagem abaixo:

 

Como falei no vídeo o gerente da sua conta no banco não está nem um pouco interessado em te revelar essa modalidade de conta porque nela você não paga taxas de serviço e quando fizer essa mudança ele perderá o controle de sua conta e um cliente que lhe dava um monte de benefícios. Existem algumas pequenas observações a fazer nesse caso: como a conta passou a ser digital, caso utilize algum serviço no banco que necessite de um funcionário você será tarifado pelo serviço, ou seja, atendimento com o gerente (tarifado), utilização do caixa do banco para efetuar movimentação na conta (tarifado), esse é o preço por tornar sua conta digital, mas fala sério, diante da economia que você irá fazer isso não é nada.  Se você economizar R$ 60,00 em taxas de serviço durante o ano e aplicar esse valor mês a mês, em 10 anos terá o equivalente a mais de R$ 18.000,00 só com as economias de taxa de serviço.

Existem 2 hipóteses pra você ter uma conta digital. A primeira é fazer a opção pelo pacote digital na sua própria conta já existente, a segunda, caso não tenha conta no banco, é abrir a conta já na modalidade digital. Vamos ao passo a passo.

Primeiro passo é verificar se seu banco tem a possibilidade de conta digital. Alguns bancos que oferecem o serviço são: Banco Itaú, Bradesco, Banco do Brasil, Santander e Citibank, mas vale a pena dar uma conferida no site do banco para checar se eles estão oferecendo esse serviço e caso tenha dúvidas ligue para o 0800 que será melhor que consultar seu gerente porque ele está diretamente envolvido no assunto e não irá facilitar essa mudança.

Segundo passo, se você já decidiu que irá modificar a modalidade de serviços da sua conta para digital, agora terá que ligar para o 0800 de seu banco e solicitar a mudança. A atendente irá pedir pra você aguardar a ligação do setor “x” e quando receber a tal ligação pra confirmar o desejo de mudança você receberá a informação que terá que ir até o gerente da conta pra fazer a tal mudança. Todo esse ritual faz parte do processo pra você desistir da mudança! Mas você é brasileiro e não desiste nunca, não é verdade?

Terceiro passo é ir até o gerente que não gostará nem um pouco da solicitação que você irá fazer, afinal de contas, lembre-se de que não pagará mais as taxas de serviço e que ele tem metas a cumprir e não gostará de perder uma conta na sua carteira de clientes. Ele irá imprimir um formulário pra você assinar ou, em alguns bancos, como o Itáu, irá passar seu cartão da conta e modificará na hora o pacote. Pronto! Sua conta já é digital e você pode fazer os depósitos e saques no caixa eletrônico, fazer transferências e tudo que quiser pela internet ou 0800 sem pagar nada, tudo na faixa!

Se o seu caso é a abertura de uma conta digital, normalmente os documentos são os mesmos exigidos para uma conta normal (RG, CPF, Comprovante de renda e residência). Basta ir ao banco e solicitar a abertura da conta na modalidade digital.

Se você gostou desse artigo e quer me ajudar a manter o canal no youtube no ar, além de curtir o canal e clicar na sineta, você pode compartilhar esse artigo e meus vídeos com seus amigos.

Um grande abraço e bons negócios.

Renato Ritton

Centive Avante

Sobre o autor | Website

Renato é casado com a Kelly há 21 anos. Como Coach de Relacionamento, tem como projeto de vida contribuir para que os casais elevem seus relacionamentos a um novo patamar. Renato é certificado Personal & Professional Coaching pela Sociedade Brasileira de Coaching, sócio da empresa Casal em Foco Mudança de Comportamento Ltda. e co-fundador do Blog CASAL EM FOCO. Renato além de empresário é Bacharel em Ciência Contábeis, formado pela Universidade Gama Filho em 1991 com especialização em Auditoria e Perícia Contábil. Renato é também autor dos livros: “Não seja incrédulo, mas homem de fé!”, “O poder do verdadeiro anúncio”, “Se eu me calar, as pedras falarão” e “Atitudes Transformadoras”

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!